segunda-feira, 19 de março de 2007

A MAÇÃ

A fome que eu sinto agora
Não é a mesma de outrora.
Por que raios falam que a maçã é a fruta do pecado?
A fruta que brota da terra temperada
Surge para destemperar tudo.

Não, eu não vou abrir mão da minha macieira
Quero viver meus pecados, todos eles.
Provar da fruta ainda verde
Viver assim uma idéia original
Virginal.
Irresistível.

Acha mesmo que eu vou me furtar a mordê-la?
Quero me lambuzar do mel da fruta madura
Padecer no paraíso que pode ser um inferno
Viver o prejuízo de fazer o que eu quero
Lucrando pelo prazer de ser errada

Não, eu não vou entregar o meu tesouro
As maçãs não vão murchar na fruteira de prata
Vou aproveitar o gosto de cada uma
Para dar sabor aos meus dias

Não é pecado querer ser feliz
Não é errado provar o proibido uma vez
Liberte-se das amarras... plante seu pomar
Afinal de contas, o verdadeiro pecado da maçã é deixar de comê-la.

2 comentários:

Marcello disse...

Hummm... Essa maçã deve ser mesmo deliciosa... Rssss...

Marcello disse...

Hummm... Essa maçã deve ser mesmo deliciosa... Rssss...