quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Uma aula com astros da NBA...





I LOVE THIS GAME!!

Se tem um esporte que eu sempre gostei de jogar é basquete. Desde pequena sou fascinada pela bolinha laranja, que hoje existe em todas as tonalidades possíveis, é verdade. O problema era que essa modalidade não era muito praticada pelas mulheres, coisa que acontece até hoje... elas preferem o vôlei.
Outro dia eu pude matar a saudade. Durante um evento da NBA, eu reaprendi a arremessar com ninguém menos do que Nenê Hilário, Anderson Varejão, Sam Perkins e o animadíssimo haitiano Samuel Dalembert.
Ao ver o pivô ensinar as crianças da Favela Coliseu, eu tive que fazer algo a respeito. Não poderia ir embora sem antes tentar um arremesso. Cesta!



A fila dos pequeninos demonstrou solidariedade e deixou que a repórter aqui praticasse um pouco, até que eu fizesse a redinha saracotear. Quando eu acertei a primeira de chuá, o pivô haitiano lembrou de um episódio que ele viveu ainda criança em sua terra natal.
- O meu país é muito pobre. Quando ganhavámos algo donativo do governo a alegria era tão grande que parecia que nós erámos esportistas milionários.. Ver você acertando uma bela cesta nessa favela brasileira, me fez lembrar que dá para brilhar em qualquer lugar.
óia!!!

Um comentário:

Vinny! disse...

Dessa vez eu vou dar meu arremesso.
Que espetáculo isso. Vc conheceu Sam Perkins. Esse cara é um mestre. No Seatle Super Sonics, dava muito trabalho ao Chicago de Jordan...
O que o Dalembert diz mostra um constraste impressionante, porém também uma questão simples. A gente pode fazer diferença em qualquer lugar e até sonhar alto com isso.
Continue o bom trabalho.
Se cuida.
Denis Vinny!