quarta-feira, 24 de outubro de 2007

O travesseiro do Richarlyson

Desde que o mundo é mundo, o ser humano é movido pela curiosidade. Os detalhes tão pequenos de nós dois e as mentiras sinceras sempre interessam a alguém. Todo mundo critica a revista Caras, fala que é coisa de acéfalo, mas estica o pescoço quando vê alguém lendo. Toda mulher quer ver se a Luciana Gimenez tem celulite, isso é fato consumado.
O Big Brother acrescenta algo na vida de alguém? Não. É entretenimento. Mas é uma das maiores audiências da Globo. É visto pelas pessoas mais simples aos intelectualóides. É feito para divertir, não para criar conceitos. Quando se deseja isso, é melhor comprar a Carta Capital.
Estou desabafando porque escrevi duas notas sobre o Richarlyson no último mês que me deram certa dor de cabeça. A primeira delas, uma foto, na realidade, em que o jogador aparece estudando com um colega de classe. Viram tanta maldade na imagem que sério, nem em meus mais profundos pensamentos eu poderia subtrair algo tão maldoso. Agora, uma outra matéria em que o volante está com seu travesseiro surge para gerar mais confusão.
Eu recebi um monte de mensagens me pedindo "cautela" ao escrever algo sobre o Richarlyson, que se fosse o Miranda não teria problema. É engraçado isso. Porque, se eu realmente precisar ter "cautela" é porque sou preconceituosa com ele. E isso eu não sou. Para mim, ele é um jogador como qualquer outro e merece respeito. Acho interessante porque a torcida faz o demônio com ele e depois cobra esse tipo de "cautela".
Vi o relatório de audiência outro dia e a matéria mais acessada era uma que falava sobre a celulite da Claire, do Heroes. No mesmo dia, uma das mais vistas na área DE ESPORTE foi a galeria de fotos da musa do São Paulo Karina Bacchi. Na parte "séria" do Globo.com, o G1, a maior mandioca do mundo também arrebanhou muitos internautas.
Todos esses textos são pequenas curiosidades, bobagens, um molhinho do dia a dia do jornalismo. Servem para divertir, afinal de contas o jornalismo não é feito só de análises do PIB. Mesmo no esporte, somos o terceiro olho do torcedores, e gostaríamos de informar a ele não apenas a escalação do próximo domingo como também os bastidores, que dificilmente eles teriam acesso. O travesseiro do Richarlyson era apenas um detalhe, daqueles que a gente gosta de saber, que nos aproxima do dia a dia do clube, que nos confere intimidade. Assim como o nosso próprio travesseiro.

4 comentários:

JoHnNy disse...

Oi Joanna! Td joia ? Confesso que nao conhecia teu trabalho, e após ter sido o salvador que te indicou o caminho do acesso ao campo no estadio dos Aflitos (lembra, no treino que o SPFC fez lá no estádio do Nautico, e vc nao achava o acesso ao campo? Até q vc me perguntou e eu te expliquei por onde ir), e também ver vc trabalhando la no hotel Atlante Plaza com a logo do Globoesporte.com no seu notebook, me fez ir atras de ver quem era aquela pessoa tao feliz, compenetrada e dedicada no que fazia. Pois é, eu sou um torcedor do São Paulo FC, paranense pq nasci la, pernambucano pq cresci e vivo aqui. Estive por todo o tempo la no hotel, nos Aflitos vendo o treino, e obvio no jogo. Te vi em todos os lugares. Na verdade Joanna, sou um comerciante realizado, porem um jornalista frustrado! Hehehe! Ate entrevistar o Rogerio Ceni eu entrevistei! Da forma mais amadora possivel, é verdade, mas fui atrás, e consegui. Na epoca eu estava sendo o correspondente do site Estacao Tricolor aqui em Recife, e me senti orgulhoso de ter atingido o meu objetivo, afinal, uma entrevista com o Rogerio, horas depois de um jogo fora de SP.. nossa, fiquei orgulhoso! Hehehee! Joanna, to te escrevendo pq ja li seu blog de "cabo a rabo". Fantasticas suas definicoes sobre como é duro estar nesse meio esportivo, sendo mulher. Seu texto "Mulheres com saco?" foi de uma felicidade sem tamanho. Parabens! Sei la se vc vai lembrar que perguntou a alguem onde era o acesso ao campo no Estadio dos Aflitos, e muito menos se vai lembrar de mim, mas pode ter certeza, que vc ganhou mais um leitor assiduo do seu trabalho, e um adimirador da sua beleza (afinal vc é mulher,né? hehehehhe!) e do seu enorme profissionalismo. Foi legal te "conhecer" primeiro pelos bastidores, foi diferente. Melhor ainda, ver a excelente profissional que vc é. Um beijo Joanna, e seja sempre bem vinda a Recife!! Ahh, e pra ter acesso ao campo no Estadio dos Aflitos, vai la na parte central, tem um carinha que fica la num portaozinho, pedindo pros jornalistas apresentarem as credenciais, mas é só ir la e tatd certo, valeu ? :) Se cuida! Bjao e desculpa as brincadeiras! E eu fui...

Joanna disse...

Oi, querido, claro que lembro!
Me dá os seus contatos!
Beijo!

JoHnNy disse...

Oi Joanna! Legal que vc lembrou! Me escreve quando vc puder!

joaobianchi@gmail.com

Bjao,

JP.

Cams disse...

Oi Jo...
concordo com vc...
a curiosidade matou o gato rs
fiz um blog tbm
passa por lá...
beijosssss